Translate

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Os meus Desejos

Fui passar por um caminho
Onde nunca sonhei passar
Mas ao passar por ele sozinho
Pude ao mundo, alto gritar.

Gritar que quero amar...
Alguém que não encontro,
Que não sinto, não vejo 
Fica minha alma em confronto,
Com este dilema...este penar
Que mesmo sem contexto
Teima em não parar.

Quero voar com os peixes,
Nadar com as pessoas...
Caminhar com os animais,
Se meus desejos são estes
Quero seguir sem ais...

O autor;
J. Boni.

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Hoje chora o meu Coração

Hoje choro por mim...
Mas a mim, ninguém me vê chorar,
Tolice seria minha enfim
Se alguém pudesse apenas sonhar.
Sonhar de me ver,
Por tão enorme contrasenso
Alegria mostro sempre ter,
Mas nunca digo tudo o que penso.
Se tenho uma desilusão,
Fico com ela...só para mim
Aos amigos, reservo apenas
As alegrias, os bons sentimentos
Não têm culpa que o meu coração
Passe por tantos tormentos.
Posso chorar...hoje, amanhã...
Talvez até todos os dias,
A esperança, sei que um dia voltará
E vai tranformar os dias negros
Em puros sentimentos de alegria,
De ternura de grande paixão
Porque só com muito amor,
Pode viver o meu coração!

O autor;
J. Boni.

domingo, 26 de outubro de 2014

Sonhei com a minha Praia

Acordei um dia numa praia,
Sem nunca lá me ter deitado
Não passei lá a noite,
Nem estive sempre acordado.

Existem coisas....
Que por vezes, nem eu sei explicar
Reservam-nos algumas surpresas,
Que nos deixam apenas a pensar.

Às vezes procuro em mim,
Uma luz..uma ideia nova
Uma prova que não enlouqueci,
Que só o tempo prova.

Talvez seja apenas...
Uma questão de tempo,
Ou um destino tão atroz
Mas só o tempo...
Responde por nós.

Acordei mais um dia,
De uma noite sem dormir
Não perdi a minha alegria
Nem o meu jeito de sorrir.

Tento sorrir e cantar...
E do meu jeito correr,
Vi a praia, sem lá estar
Acordei sem adormecer.

O autor,
J. Boni.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Tentem Viver como Eu



Um dia ouvi chorar,
O meu pobre coração
Não foi por a tristeza me visitar,
Mas sim por outra razão.

Vi que chorava de alegria
Em outra coisa nem pensei,
Mas alegrou tanto o meu dia
Que feliz que fiquei.

Dei voz à fantasia...
Que por ele, podia escrever
O melhor na vida é a alegria,
O melhor que podemos ter.

Tentem viver como eu,
A trabalhar diariamente
Sem em tristezas pensar,
Com alegria, vivo contente
Não custa nada trabalhar.

O autor;
J. Boni.

Nesta tarde de Sol

Nesta linda tarde de sol
Que teus olhos faz brilhar,
Faz-me lembrar as estrelas
Que nunca posso apanhar.

O seu brilho tão intenso,
O seu lindo cintilar...
Recolhi-o há muito tempo
Para sempre o recordar.

Tua face dá apoio,
A esse teu especial olhar
Minha mente sinto parar,
Se não te posso tocar.

Levanto minha cara ao sol
Ao mesmo, que te guia
Mas o meu parece parar
Frente à tua grande magia.

Porque brilhas lindo sol
Apenas quando queres,
Continua sempre assim
Ilumina as lindas mulheres.

O autor;
J. Boni.



Este meu Olhar

Soltamos uma palavra quente,
Ás vezes parece quase fogo...
Sendo assim tão ardente,
Entra sempre no dialogo.

De repente algum vento passa,
E a palavra perde a razão,
Porque fica longe da lembrança
E esperança que vive no coração.

A esperança das palavras,
Vão passando com o tempo
Querem aceitar a diferença,
Sem causas, nem contratempo.

É uma causa que merece debater
Sem ponto de interrogação,
Como quem clama ter 
Amor no coração.

Quando salta uma palavra quente,
Num amor tão ardente...
Deixa-nos sempre sorridente
E o fogo...no coração da gente.

O autor;
J. Boni.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

As lágrimas correm pela sua Cara




As lágrimas correm pela cara
De tão adorada criatura,
O seu coração...
Parece estar em suas mãos
Que se elevam ao Céu,
Tenta pedir ajuda Celestial.
Seus cabelos já brancos,
De seus anos percorridos
Ondulam pelo seu rosto,
Onde o vento vai beijar...
Suas rugas são bonitas
Mas esta tristeza veio alojar.
Seu filho partiu primeiro,
Para junto de nosso criador
Sem tempo para um beijo,
Um beijo de seu amor.
Que será de sua vida,
Mais sozinha, mais triste
Deus a deixa sem família,
Mas decerto nunca sozinha.
Porque durante toda a vida...
Passamos por tristezas 
Por amarguras por privações,
Mas só com muito amor
Podem viver nossos corações.

O autor;
J. Boni.

domingo, 19 de outubro de 2014

Não me Acordes


Hoje sei bem, o que é o amor
Mas nada vou dizer...
Herdei esta grande dor,
Mas só penso em viver.
Vejo o sol, vejo a luz
A minha vontade de chegar,
À tua imagem ao teu olhar,
Que deveras me seduz
A tua madeira de amar.
Vou correr para te ver...
Vou-te amar se puder,
Quando te ver partir
Mas antes abraçar...
Talvez haja um espaço,
Onde com a lógica
Do meu meu abraço,
Possa até acordar.
Não me acordes,
Deixa-me sonhar...
É cedo para acordar,
E eu...só te quero amar.

O autor;
J. Boni. 


domingo, 12 de outubro de 2014

Se a minha Alma Falasse

Se a minha alma falasse,
Com a voz da razão
Talvez de certa forma calasse
Os ruídos de meu coração.

Se a minha alma falasse,
Tanto que poderia dizer
Porque tanto chora meus olhos,
Apenas por uma mulher.

Porque é que o amor
Tanto assim faz sofrer,
Coração ferido dá muita dor
Apenas por uma mulher.

O amor é como a chuva,
Não escolhe onde molhar
Quando cai não é segura,
Mas molha quem quer amar.

O autor;
J. Boni.

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Qual será o meu Caminho

Por ondas e ventos,
Marés e tempestades
Tristezas...alegrias, lamentos.
Sentir algumas alegrias,
Mesmo até outros sentimentos
Tudo em mim são fantasias,
Na minha alma de tormentos.


Descobrir certos caminhos,
A pensar no tempo de outrora
Muitos sonhos sem carinhos...
Prosseguir estrada fora,
Sempre por diferentes caminhos
Como o que percorro agora.
Todos os caminhos vêm e vão,
Como um comboio em sua linha
Alguns se dirigem ao coração,
Coração que não definha
Toda a sua gratidão.
Por vezes penso em meu caminho
Que distância vou percorrer,
Muito trabalho, viver sozinho
Como posso eu viver.

O autor;
J. Boni.





sábado, 4 de outubro de 2014

Um dia eu Quis

Quis abrir a porta à minha vida
Mas tive que a deixar sair pela janela
Queria a minha vida divertida,
Mas não é a vontade dela.

O meu coração, já mal o sinto
Apesar de muito falar com ele,
Ele sabe que o estimo...
Mas não sinto sinal dele.


Um dia eu quis gritar,
Por caminhos tenebrosos, sombrios
Por entre montes, vales e rios
Só com o Céu para me guiar.

Um dia eu quis viver,
Apenas de amor e alegria
À fonte do amor ia beber,
Mas nunca encontrei tal magia.

Um dia eu quis perguntar,
Se alguém me podia dizer
Iria algum dia conseguir amar,
Ou iria confuso morrer.

Um dia eu quis.......

O autor;
J. Boni.





sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Olhei em teus Olhos

Olhei bem  em teus olhos,
Medi neles toda a sua realeza
Mas sem alegria, parecem pobres
Neles só vejo tristeza...



Para os alegrar, só eu sei
Percorri vales e montes,
Mas deveras que tentei
Até beber nas melhores fontes.

A alegria é um  valor
Que não devemos subestimar,
Porque a vida sem amor
É uma bandeira por hastear.

Posso sempre olhá-los assim,
Nunca me são diferente...
Mas amor ao pensar em ti,
O meu coração fica contente.

O autor;
J. Boni.