Translate

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Procuro em Mim






Procuro por ti incessantemente... 

Procuro um sentimento ardente
Procuro de uma forma incansável.

Procuro pelo tempo que nunca vi
Pelo sentimento que perdi,
Para poder substituir...
Esta tristeza interiorizada em mim.

Procuro sempre antecipar o futuro
Procuro em mim...
Procuro incessantemente,

Um futuro que ninguém pode ver,
Mas sem amor não posso viver.

Sabendo que amar,
É sempre duro...
Mas também me apoio nos outros,
Que me rodeiam pelo caminho.
Caminho que teimo em palmilhar...
Persigo com sentido,
Para esse sonho alcançar.

Procuro sempre por ti,
Procuro pelo tempo que não perdi.


O autor;
J. Boni.


segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Simplesmente, Saudade




Passou uma certa saudade
Por cima do meu coração,
Não encontrou nenhuma janela
Apenas um pequeno alçapão.
Um pequeno suspiro...
Fez-me logo lembrar dela,
Mas essa saudade
Que teima em reinar,
Tira-me a vontade de sorrir...
E dessa janela abrir.
Apenas em mim continua
A vontade de te amar,
Mas a saudade não quer partir.
O meu coração vai balançando
Num ritmo descontrolado,
Descontrolado estou-me a sentir
Ás vezes até desesperado
Como uma árvore olhando o céu,
E com vento por todo o lado.

Em minha cabeça, vão passando
As ideias de minha alma...
Enquanto a minha luz brilhando
Indica-me o caminho com calma.
Espero apenas pelo teu sorriso
Para iluminar a vinha vida,
De te ver eu preciso...
Serás sempre bem-vinda.

O autor;
J. Boni.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

A Tua casa Vazia




Olhei para a tua casa
Espreitei por cada janela,
Mas um breve 
Sopro de vento, me disse...
Não te percas por ela.

Há muito que daí saiu...
Mudou de casa 
Mudou de rumo,
Perdida, caiu em desgraça
Apenas desgraça, presumo.





Também é vadia, a minha vida
Porque sempre a procuro,
Para mim, anda sempre perdida
Assim escrevo o meu resumo.

Também esta desgraça minha
Que até o vento adivinha...
Quero apenas sofrer sozinho
Escondo assim esta vida minha.

Viro as costas...vou a pensar
Quem assim consegue viver,
Troco o Sol, pela Lua
Mas quero ver o Sol nascer.

Pelo caminho tropeço
Naquilo que eu queria ser,
Algo me diz que não mereço
Mas vou lutar por merecer.

O autor;
J. Boni.